sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Tatu

Do buraco que eu saí tatu... 
Você não entra não...!
Eh buraco fundo nego.
Eh que escuridão.


                       Rodrigo Jorge Bucker - Niterói - 2015