quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Soluções do Brasil


Em geral as pessoas não sabem ou não associam.

Mas a solução de nossos problemas, até mesmo na saúde, estão intimamente ligados ao problema do transporte.

Um trabalhador que se cansa e estressa, mais nos engarrafamentos e devido as péssimas condições dos meios de transportes, do que no seu trabalho propriamente dito, é um dado gritante que denota um país literalmente parado.

O cara literalmente acaba indo para o trabalho descansar. Chega no trabalho já exausto.

Aumentam-se aí os acidentes de trabalho, erros médicos etc.

Um país que não cuida dos seus transportes é um organismo que não cuida de suas artérias. E acaba doente.

É um tremendo equívoco culparmos sempre os cidadãos (células), de tudo que está errado no nosso país.

É o mesmo que exigirmos que nossos músculos consigam trabalhar sem oxigênio.

Por isso fico pasmo com políticas comportamentais e nada sociais e econômicas.

A política deve, antes de tudo, cuidar apenas do que deve.

Social, educação, saúde, meio ambiente, economia e transporte.

O restante melhora junto.

O comportamento de uma pessoa não é algo adestrado.

É algo educado.

Uma sociedade educada tende a se comportar realmente melhor. E isso, no sentido adequado da palavra. Se comportar bem é: não fazer mal ao próximo e respeitar as leis. Não tem nada haver com ditadura comportamental surreal.



                       Rodrigo Jorge Bucker – Niterói 2013